Fibromialgia, um reumatologista nos dá 10 respostas.

e.

Dr. Eduardo Mysler, reumatologista argentino de grande prestígio internacional, explica o que é a fibromialgia e por que é fundamental não atrasar a consulta com certos sintomas

La fibromialgia, un reumatólogo nos da 10 respuestas

1. O que é fibromialgia?
É uma doença crônica que produz dor muscular e articular e está localizada em pontos característicos quando palpada nos músculos e nos tendões. A isso se adiciona fadiga e cansaço extremo e dificuldades para adormecer.
2. Você tem um claro diagnóstico e reconhecimento como doença?
Não, o diagnóstico é feito descartando outras doenças e muitas vezes os pacientes passam por muitos médicos antes de obter o diagnóstico.
3. O que o especialista diagnostica? Quem deve ser consultado?
O diagnóstico pode ser feito por um clínico, mas o melhor especialista para isso é o reumatologista.
4. Por que há tanto debate sobre esta questão?
Porque, para muitos, é uma variante da depressão, já que está associada.
5. Quais são os sintomas da fibromialgia e como é diagnosticado?
Como dissemos, dor muscular generalizada com pontos dolorosos localizados em todo o corpo, fadiga extrema que não se correlaciona com as tarefas realizadas.
6. A sua prevalência cresce ou o seu reconhecimento cresce? Quais são as causas?
A prevalência não aumenta. O que há é um maior reconhecimento por parte dos médicos em geral. Sua prevalência é de 2% nos EUA e é mais freqüente nas mulheres do que nos homens. As causas são desconhecidas, embora existam muitas teorias.
7. Como é o tratamento? Existe medicação?
O tratamento é multidisciplinar e existem diferentes medicamentos aprovados para o Pregabalin, através de Milnacipram para Duloxetina. Estes são aprovados pelo FDA. Também são utilizados antiinflamatórios, analgésicos e derivados de opióides. A terapia não farmacológica inclui reabilitação física, quiropraxia, exercícios aeróbicos e terapia cognitivo-comportamental entre outros.
8. Qual é o prognóstico?
O prognóstico é muito variável. Há pacientes que evoluem favoravelmente e outros que não parecem responder a nada.
9. Quais são os últimos desenvolvimentos científicos no campo da fibromialgia?
Nos últimos anos, mais drogas foram aprovadas para tratar a doença, o que nos permite ter mais armas para atacá-la.
10. Como as pessoas que sofrem com a doença melhoram a qualidade de vida?
É importante a cooperação do paciente, sua força de vontade de querer melhorar e a compreensão do médico nesta patologia crônica e difícil de gerenciar..

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *